Todos os posts do mês maio, 2017

Problemas auditivos em Cães

Hoje vamos tratar de um assunto muito importante: os problemas auditivos em cães. Algumas vezes os problemas auditivos são consequência da idade avançada, mas em outros casos os rojões, carros de som, bombas, fogos, afetam diretamente na audição dos animais e causam grandes danos. Nossos animaizinhos sofrem muito com isso. Por quê? Os cães possuem […]






Hoje vamos tratar de um assunto muito importante: os problemas auditivos em cães.
Algumas vezes os problemas auditivos são consequência da idade avançada, mas em outros casos os rojões, carros de som, bombas, fogos, afetam diretamente na audição dos animais e causam grandes danos. Nossos animaizinhos sofrem muito com isso.

Por quê?
Os cães possuem uma capacidade auditiva diferente do ser humano. Além disso, os cães conseguem detectar sons quatro vezes mais distantes que o ser humano. Isto acontece por razões de evolução e adaptação: o ser humano, com seus olhos posicionados bem à frente (ao contrário dos cães, que são mais laterais), consegue focar um objeto com maior precisão, além de ter um campo visual maior. Com esse aprimoramento da visão, a audição ficou em segundo plano. Nos cães, há maior dependência do sentido auditivo que nos homens; assim, sua audição deve “compensar” a sua visão.

problema_audicao_pet

Como evitar?
Para evitar problemas auditivos em cães é preciso ficar atento e observar sempre o comportamento do seu pet. Qualquer mudança brusca pode significar um problema de saúde e você precisa consultar o veterinário para iniciar o tratamento de imediato. Evitar que ele fique estressado também é um ótimo método de prevenção e poucas pessoas sabem. O estresse em excesso pode desencadear muitas outras doenças em nossos pets. Mantenha eles sempre seguros e tranquilos principalmente quando estiverem ao ar livre.

Dica
Para deixar seu animalzinho mais calmo e menos propenso a esses tipos de doença, nós recomendamos nosso Fator Estresse Pet.
Fator Estresse Pet Arenales é um medicamento homeopático indicado para todos os tipos de estresse em cães e gatos e resulta em animais mais tranquilos e saudáveis no convívio diário.

Compre nosso produto e garanta a alegria e bem estar do seu melhor amigo!

remedio_ouvido_pet

 

Mudanças climáticas não faz bem para os pets

Entramos no Outono! Para nós um grande alívio deixar um pouco o excesso de calor de lado, mas e para nossos pets? Mudanças climáticas repentinas podem não fazer muito bem para saúde deles, por isso fique de olho e saiba como cuidar dele quando as temperaturas caírem: Por que ficar atento as mudanças climáticas? Cresce […]






Entramos no Outono! Para nós um grande alívio deixar um pouco o excesso de calor de lado, mas e para nossos pets?

Mudanças climáticas repentinas podem não fazer muito bem para saúde deles, por isso fique de olho e saiba como cuidar dele quando as temperaturas caírem:

animais-que-aprecia-o-outono-magico-32

Por que ficar atento as mudanças climáticas?

Cresce o número de parasitas. Os parasitas sempre buscam um lugar quentinho para viver, é por isso que eles submergem no corpo dos animais. Quanto mais frio, haverá mais pulgas, carrapatos procurando abrigo em nossos animais, além disso, eles irão se desenvolver com mais rapidez, o seu tamanho diminuirá e será mais difícil identificá-los.

O número de mosquitos aumenta. Assim como ocorre com os parasitas, os mosquitos gostam de calor e se agrupam em poças. Os mosquitos propagam uma infinidade de doenças nos nossos animais de estimação.

Golpes de calor: O aquecimento global ocasiona temperaturas altas que podem facilmente fazer com que o seu bicho de estimação sofra um golpe de calor, podendo trazer complicações mais graves.

Cachorros de pequeno porte, como pinschers e chihuahuas, têm menos massa muscular e gordurosa, por isso, acabam sofrendo mais com as mudanças climáticas e precisam ser agasalhados. Os cuidados também devem ser redobrados em se tratando de filhotes e cães idosos porque essas são as duas faixas etárias mais vulneráveis a doenças.

Gatos, embora sintam mais frio, têm maior senso de preservação, saindo em busca de fontes de calor e se entocando em locais protegidos. Já os cães são menos independentes e precisam da ajuda dos donos para suportar o clima. Fique atento e não espere eles demonstrarem desconforto para agasalhá-los.

Como protegê-los?

Logo depois do banho, evite levá-los para a rua. O recomendado é aproveitar as poucas horas de sol durante o dia para fazer o passeio. Se o tempo estiver chuvoso, deixe-os abrigados dentro de casa. Do contrário, cresce o risco de apresentarem rinite, pneumonia, etc.

  • Roupas: são bem-vindas, mas evite os tecidos sintéticos, lãs e tricôs, pois podem causar alergias. Prefira os agasalhos de algodão ou malha macia. Preste atenção se a peça está no tamanho certo, sem apertar principalmente as axilas e as virilhas do seu bichinho, pois pode provocar fricções.
  • Sapatos: a menos que costume nevar ou gear em sua região, não são recomendados porque atrapalham o tato nas patas e são bastante incômodos.
  • Tosa: mantenha a pelagem do animal mais comprida e adie o corte para depois do inverno.
  • Vacinas: Converse com um médico veterinário para obter orientações adequadas antes de imuzinar seu bichinho.
  • Casinha: deve ser colocada em um local abrigado, sem correntes de ar e protegida da chuva. Forrar o chão com jornal, papelão ou cobertor para evitar o contato direto das caminhas junto ao piso também pode ser uma boa solução. Além disso, pode-se utilizar cobertores e edredons para proporcionar mais conforto.

Prevenção

Pensando nisso, a Arenales, fabricante de medicamentos homeopáticos de alta qualidade e segurança, traz produtos que tratam e previnem a baixa imunidade, infecções e muitos outros problemas de saúde típicos dessa época!
Medicamentos que deixam seu pet mais resistente e cheio de saúde para brincar!
Quem ama cuida e sabe que Arenales é sinônimo de proteção.

A Arenales indica o Fator Pró Imune Pet® para prevenção dos animaizinhos

PRO IMUNE PET + frasco