HOMEOPATIA ANIMAL
HOMEOPATIA VETERINÁRIA

Alimentação dos animais: o que pode e o que não pode?

Uma forma de carinho, mas que as vezes pode se tornar um transtorno é o tipo de alimentação dos animais. Todos nós sabemos o quanto é difícil resistir aquela carinha de piedade ao lado da mesa como quem diz ‘’me da um pedaço?’’ ou até mesmo brigar quando a última migalha que caiu já foi devorada.

É difícil dizer não, mas às vezes é necessário pelo bem dos nossos animaizinhos. Existem alimentos que passam despercebidos e nós achamos que os animais também podem consumi-los, afinal, o que é um pedacinho aqui? Um pouquinho ali?

chocolate-proibido-caes

Você sabe quais alimentos são esses? Veja alguns na lista abaixo e se surpreenda:

  1. Alimentação caseira: Para quem prefere dar comida em vez de ração aos animais, é necessário ter cuidados. Condimentos como alho e cebola, além de corantes e conservantes, fazem mal. Estes produtos estão presentes em temperos, por exemplo, e por isso às vezes nem é visto.
  2. Frutas cítricas: Embora façam bem para humanos, alimentos ácidos, como a laranja e o abacaxi, podem provocar problemas gástricos nos cães. Outras frutas que devem ser evitadas são as uvas ou passas. Apesar de não serem ácidas, elas podem causar ou agravar problemas renais.
  3.  Chocolate: Você sabe o que é teobromina? É uma substância encontrada no cacau e um dos principais vilões da alimentação canina. A teobromina presente no chocolate provoca graves problemas hepáticos e tem ação acumulativa no organismo. Se o seu cão é um fã de chocolate, o mercado já possui produtos específicos para eles.
  4. Alimentos de trigo: É importante estar atento com o trigo até quando vai comprar ração ao seu pet. Rações que possuem trigo devem ser evitadas, assim como pão, massa de pizza e macarrão, por exemplo, pois provocam uma alta incidência de alergias que podem se apresentar como coceiras, caspa ou problemas gastro intestinais.
  5. Ossos: Apesar de ser comum vermos em desenhos e filmes o cachorro feliz correndo atrás de um osso, a realidade pode ser um pouco mais alarmante. Conforme o alimento é mastigado, ele solta lascas que podem ferir o sistema digestivo do cão, podendo provocar perfurações ou obstruções. Apesar de alguns proprietários oferecerem tais alimentos com frequência, não é o ideal.
  6. Bebidas: Nesta categoria, existem dois produtos mais nocivos à saúde do cão: derivados de cafeína e bebidas alcoólicas. Estes produtos, além de tóxicos, causam no animal o mesmo efeito que nos seres humanos, mas com um efeito ampliado. Por isso, o café, por exemplo, pode acelerar os batimentos cardíacos do animal.

Para ajudar na saúde e bem estar do seu animal conte com medicamentos homeopáticos livres de alergias e efeitos colaterais. Visite nossa loja e confira nossos produtos para tratamentos e prevenção.

 

17.01.2017

Postado em Cães

Dê dua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.