HOMEOPATIA ANIMAL
HOMEOPATIA VETERINÁRIA

Hemoparasitose, comumente conhecida como a doença do carrapato, é um problema de grande receio para muitos donos de animais de estimação.

Pois por mais que haja cura, quando não identificada e tratada, a doença do carrapato pode ser fatal.

Assim, a Arenales preparou esse post para você ficar informado sobre o que é, e como curar a doença do carrapato.

Mas afinal, o que é a doença do carrapato?

A doença do carrapato é uma infecção grave que ocorre normalmente em cachorros e é causada por um hemoparasita. Ainda, a doença pode ser apresentada de duas formas:

  • Erliquiose (bactéria) – atua na destruição dos glóbulos brancos.
  • Babesiose (protozoário) – ataca os glóbulos vermelhos.

Embora causada por agentes distintos, ambas podem ser acometidas juntas, o que piora o quadro clínico do animal.

Ademais, o carrapato marrom (Rhipicephalus sanguineus) é o meio de transmissão da doença. Deste modo, ele se instala no cachorro e se alimenta de seu sangue.

Quando o animal está com a doença do carrapato e ainda, tem carrapatos se sustentando de seu sangue, ele pode ficar mais debilitado, pois além dos sintomas da doença, ele vai ter uma perda considerável de sangue.

Formas de tratamento da doença do carrapato

Por mais que não exista uma vacina, a doença do carrapato tem cura, se atendida a tempo. Assim, o tratamento deve ser iniciado de imediato quando notar mudanças no comportamento do seu cachorro e sintomas como:

  • Febre e fraqueza
  • Depressão
  • Anemia
  • Perda de peso e desidratação
  • Perda de apetite
  • Mucosas pálidas ou amareladas.

Então, leve seu animal ao veterinário, pois através de exames laboratoriais o médico dará o melhor diagnóstico,  além de saber fazer a distinção dos microorganismos que afetou o animal e ainda, qual o estágio da doença do carrapato ele se encontra.

Sobretudo, é importante o atendimento de um profissional, pois a automedicação não é indicada e pode causar mal ao seu bichinho.

Aliás, dependendo do microorganismo que atacou seu animal, o tratamento é feito de forma diferente.

Como evitar a doença do carrapato?

Contudo, para prevenir a doença do carrapato do seu bichinho é preciso seguir algumas orientações:

  • É crucial que haja a eliminação do seu vetor (Carrapato marrom). Caso seu animal esteja em fase de tratamento da doença, ter carrapatos no ambiente torna-o ineficiente.
  • Uma das formas de prevenir a doença do carrapato é observar as condições do ambiente que seu animal vive. Deixar o lugar sempre bem limpo.
  • Ainda, é necessário que você observe a pelagem do seu animal com frequência, principalmente após passeios.
  • O FATOR ECTO CÃO da Arenales controla os carrapatos dos cães sem efeitos colaterais.

Espero que esse artigo tenha sido útil para você. Até a próxima!

    14.06.2019

    Postado em Animais em Geral, Cães

    Os medicamentos homeopáticos para animais são respondidos por estes da mesma maneira que com as pessoas. Ainda, há muitas semelhanças entre problemas de saúde animal e humana, como também, importantes diferenças.

    Homeopatia para animais

    No entanto, como a escolha do medicamento se baseia nos “sintomas” apresentados, esse não é um problema para o prescritor homeopático.

    Assim, é importante consultar um veterinário para problemas crônicos e quando a situação não estiver ao alcance dos seus conhecimentos de homeopatia.

    Quando surgiu a homeopatia?

    Há 200 anos Samuel Hahnemann desenvolveu a homeopatia, um sistema terapêutico que ficou conhecido no Reino Unido, América, Europa e Ásia e, em menor escala, na Austrália.

    Dessa forma, a homeopatia segue as leis científicas definitivas das preparações prescritas e curativas, que são tão verdadeiras hoje quanto eram na época do Dr. Hahnemann.

    • lei dos semelhantes
    • Experimentação
    • Doses mínimas
    • Remédio único

    Mas o que é a homeopatia para animais?

    Sobretudo, a homeopatia para animais (assim como para os humanos) é um tipo de tratamento para quase todos os tipos de doenças psicológicas e físicas.

    Além de tratar doenças, a homeopatia para animais também ajuda a prevenir. 

    Como usar a homeopatia para animais?

    Cada medicamento homeopáticos para determinado animal tem seu modo de uso. Com isso, a Arenales possui diversos Fatores® para os mais diversos tipos de animais, como cachorro, gato, bovinos, aves, equinos, suínos, ovinos, caprinos, peixes.

    No Site da Arenales você pode consultar o modo de usar para cada Fator® homeopático. A Arenales é uma empresa que atua no segmento homeopático veterinário, possuindo recursos que controlam e previnem patologias. Conheça mais sobre seus produtos aqui

      Arte552

      Mandar flores, escrever cartas ou convidar para um jantar especial, esses itens podem não estar no protocolo de romantismo dos peludinhos, mas eles dão um verdadeiro show de fofura quando o assunto é o amor.

      Enquanto as lojas estão repletas de presentes para o dia dos namorados e as redes sociais dão dicas de lugares românticos para impressionar o cônjuge, os pets demonstram o afeto de um jeito mais simples: utilizando apenas as suas atitudes. Confira abaixo ações que são consideradas verdadeiras provas de amor pelos animais.

      Olhando com aquela carinha de pidão

      O olhar do seu lindinho pode dizer muitas coisas, principalmente quando ele quer receber carinho ou deseja se divertir um pouquinho, isso demonstra o quanto a sua presença é importante para ele.

      Levar até você o brinquedo favorito

      Essa atitude expressa o quanto o seu pet quer te fazer feliz. Ele não deseja só brincar, mas sim proporcionar bons momentos entregando um objeto carregado de valor.

      Dormir de cãochinha

      Se depois daquele dia cansativo e estressante, o seu bebê insiste em ficar coladinho em você com muitos lambeijos, é um belo sinal de companheirismo e lealdade. Valorize!

      Ficar feliz com sua chegada

      O seu pet te ama. Ficar algumas horas distantes pode parecer uma eternidade, por isso quando ele escuta o barulho da porta se abrindo fica difícil conter os pulinhos de alegria.

      Levantar a sobrancelha esquerda

      De acordo com um estudo japonês, esse comportamento revela a primeira demonstração de reconhecimento do dono, sendo também uma forma de expressar o amor.

      O seu melhor amigo boceja junto com você?

      Se essa cena ocorre com frequência, você pode se considerar uma pessoa querida.  Segundo uma pesquisa realizada na Universidade Duke, nos Estados Unidos, os peludinhos só se sentem à vontade para bocejar quando estão diante de uma pessoa especial.

      Nem precisamos dizer o quanto o convívio com os pets pode te fazer feliz, né? Com eles, não existe essa de amor não correspondido.  Carinho e lambeijos estão mais que garantidos.

        08.12.2018

        Postado em Animais em Geral

        chocolate-faz-mal-para-pet

        A páscoa vem chegando e com ela os deliciosos ovos de chocolate, em todos os tamanhos e para todos os gostos: branco, preto, meio amargo, ao leite, simples ou crocante, uma verdadeira tentação.

        Porém, bem mais tentador que estas guloseimas são os olhares pidões do seu pet na tentativa de conseguir um pedacinho que seja destas delícias, não é mesmo? E então seu derretido coração logo pensa: “Quem resiste a esse olhar?”, “Ah, um pedacinho só não vai fazer mal!”.

        É aí que mora o perigo! Chocolate para pets faz mal sim e em caso de intoxicação grave pode até levar o seu fofuxo a morte. Por isso, a Arenales traz para você um importante alerta a respeito deste assunto.

        POR QUE CHOCOLATE FAZ MAL AOS PETS?

        Sabendo de tantas coisas que os pets costumam ingerir é difícil acreditar que algo tão inofensivo a nós possa fazer tanto mal aos nossos cãezinhos e bichanos. Isso ocorre por conta de uma substância chamada Teobromina presente no chocolate que está diretamente ligada a quantidade de cacau, ou seja, quanto mais cacau, mais Teobromina e mais tóxico ele se torna.

        O grande problema é que tal substância é facilmente eliminada pelo organismo humano, mas o mesmo não ocorre com os nossos lindinhos. Tanto os cães quanto os gatos não metabolizam direito esta substância, fazendo com que ela se acumule e em pouco tempo alcance concentrações tóxicas.

        REAÇÕES:

        A quantidade de chocolate capaz de causar a intoxicação nos peludos varia de acordo com o tamanho do animal e a concentração de teobromina ingerida por ele. A substância estimula o sistema nervoso e o fluxo sanguíneo, podendo acarretar:

        • Contrações musculares;
        • Excitação nervosa;
        • Micção em excesso;
        • Elevação da temperatura corporal;
        • Respiração acelerada;
        • Arritmia cardíaca;
        • Vômitos e diarreia.

        Os sintomas demoram entre 6h a 12h para se manifestarem, ameaçando ainda mais à saúde do seu fofuxo, então, ao notar estes sinais procure imediatamente o médico veterinário.

        O que precisa ficar claro em sua mente é que chocolate e pets definitivamente não combinam nem um pouquinho. Por isso, nesta páscoa e em todos os outros dias do ano deixe os chocolates bem longe dos seus lindinhos. Resista firmemente aos olhares pidonchos e lembre-se que este esforço é para o bem deles!

        Gostou? Então acompanhe nosso blog e redes sociais para ficar por dentro de nossas dicas e curiosidades sobre o mundo pet.

         

          26.11.2018

          Postado em Animais em Geral

          Junho é o mês oficial de São João, mais conhecido como santo festeiro e para comemorar esta data nada mais justo do que uma festa com muita animaCÃO. Isso mesmo, nesta época do ano os pets também podem entrar no clima com direito a trajes temáticos, quitutes, músicas e até barraca de beijo. Gostou da ideia? Então confira abaixo algumas dicas importantes para curtir a festança em segurança ao lado do seu animalzinho.

          Look caipira

          festa-junina-de-caes

          Xadrez e chapéu são peças essenciais para uma festa junina, mas o que não falta são itens criativos para seu filhote canino arrasar no arraiá. As bandanas personalizadas, por exemplo, fazem o maior sucesso. Coloridas, confortáveis e práticas, são a aposta perfeita para os fofuchos que não gostam de muitos adereços.

          Outra dica interessante é investir em camisa caipira com lenço, uma produção unissex que fica ainda mais incrível utilizando cores fortes como azul, amarelo e vermelho, além das estampas supercharmosas. Mas lembre-se que o traje não deve apresentar aspectos que prejudiquem a mobilidade ou que coloquem em risco o bem-estar do seu peludinho, combinado?

          Clima

          Não se esqueça que o mês de junho é marcado pela frente fria, e as temperaturas mais baixas podem deixar o seu amiguinho resfriado. Por isso, opte por festas sempre no período da tarde para aproveitar melhor o sol e garantir que o seu pet não sofra com o frio.

          Comida

          comidas-que-não-podem-faltar-na-festa-junina-1

          O sistema digestivo dos animais é diferente do nosso, alimentos como: pipoca, paçoca, algodão doce e milho verde devem ficar distantes do alcance dos peludinhos.  O ideal é  alimentar o seu fofucho antes da festa ou procurar por empresas que preparam guloseimas específicas para os pets, assim você evita dores de cabeça e proporciona a diversão do começo ao fim da festança  

          Atrações do evento

          Festa sem música não é festa! Se você também é a favor desse lema e adora uma comemoração com as melhores playlists, lembre-se que o volume do som precisa estar adequado aos pets, já que a audição deles é muito sensível e requer certos cuidados, então nada de exageros hein.

          Outra questão importante é o uso de fogos de artifícios, que não agradam nem um pouco os pets, podendo causar pânico e estresse aos nossos companheirinhos. Por isso, a Arenales desenvolveu o FATOR ESTRESSE PET®, para ajudar o seu fofucho a se proteger do barulho e a ficar mais calmo.

          O que achou das nossas dicas? Agora que você descobriu que é possível realizar um arraiá pra lá de animado para os pets é só seguir as nossas recomendações e curtir a farra.

            18.11.2018

            Postado em Animais em Geral

            pai-de-cachorro

            Seu filhote de quatro patas pode não dizer ”te amo” em palavras, mas abana o rabinho para expressar todo o seu amor. Pode não falar quando está faminto, mas dá um jeito de arrastar o pote de ração até você, também pode não mandar um whatsapp quando está com saudade, mas sente o seu cheirinho de longe. Ser pai é realmente uma alegria, seja pai de gente ou pai de pet.

            Ser pai de pet: O amor é o mesmo

            Quando alguém se propõe a cuidar de um animalzinho, também vivencia a mesma experiência paterna com responsabilidades e deveres: criar, educar e participar do desenvolvimento do pet.

            Um estudo realizado na Universidade Melbourne, na Austrália, comprovou esse elo paterno através de um hormônio presente nos mamíferos conhecido como octional. Ele é responsável pelo amor entre os peludinhos e seus tutores, legal né?

            Seu pet se assusta com raios e trovões? Saiba mais

            Pai de cachorro presente: O paizão coruja

            Aquela frase que os filhos serão para sempre bebezinhos, não pertence só aos humanos, mas ao mundo pet também!

            • Papai de bichinho adora enfeitar o filhote com roupas, correntes e acessórios;
            • Mimam com ração, presentinhos e passeios;
            • Fotos? Ah, elas são feitas em todos os momentos e em todos lugares possíveis. “É só dizer olha o passarinho” e pronto;
            • Para os pais apaixonados, seu filho pet será para sempre o mais bonito;
            • E como todo bom herói, cuida da sua cria como ninguém.

            Como cuidar dos animais de estimação durante o frio?

            Felicidade completa.
            Se você ainda não é pai de um peludinho, ADOTE e encontre o real sentido de amar.

              07.11.2018

              Postado em Animais em Geral

              abril laranjaTer um animal de estimação é construir uma história de amor para vida inteira, garantindo a proteção do seu amiguinho com alimentação, higiene e bem-estar, mas nem sempre esse pensamento é levado a sério.  Ainda existem muitos pets que vivem em condições degradantes sofrendo com torturas e abusos, por isso o “Abril Laranja” foi escolhido para conscientizar a crueldade vivida pelos nossos anjinhos.

              A violência contra os pets deveria ser uma preocupação social, já que diariamente casos de maus-tratos são divulgados, sendo estes considerados crimes ambientais pela Lei Federal nº. 9.605/98.  Confira abaixo atitudes que se configuram como crueldade:

              • Manter o animal preso;
              • Não alimentar de forma correta;
              • Não levar ao veterinário quando estiver doente;
              • Abrigar o pet em um lugar com pouca iluminação e ventilação;
              • Submeter a tarefas exaustivas;
              • Agredir fisicamente;
              • Provocar o stress;
              • Fazê-lo de espetáculo;
              • Abandoná-lo intencionalmente.

              Denuncie

              patasSe você é um apaixonado por animais, com certeza deve estar se perguntando por que alguém agiria com tamanha maldade, correto? Mas fique calmo, pois antes de mais nada devemos saber como denunciar e realizar todos os procedimentos de maneira exata.

              Primeiro certifique-se que a ocorrência é verdadeira, feito isso você pode redigir uma carta para próprio infrator e assumir o seu papel de cidadão. O texto deve solicitar a regularização da situação com prazo para o cumprimento, além de mencionar a data e o local da agressão. Caso o infrator não siga com o combinado, vá até uma delegacia mais próxima ou dirija-se a Promotoria de Justiça do Meio Ambiente e faça sua denúncia.

              A melhor forma de combater as atrocidades contra os nossos companheiros é mostrando a sua voz, não fique calado! Afinal, todo animalzinho merece muito carinho e proteção, tratá-los bem só traz benefícios a você, deixando a vida mais saudável e cheia de amor.

               

                20.04.2018

                Postado em Animais em Geral

                Já dá para ouvir o samba tocando e os primeiros batuques da bateria, as serpentinas voando e confetes espalhados pelo chão! Sim, estamos a poucos dias do carnaval e se você está programando curtir essa folia ao lado do seu pet é preciso tomar alguns cuidados para garantir que a festa seja pura diversão.

                fantasia-para-pet

                 

                Fantasia

                As fantasias de carnaval para os foliões caninos são uma fofura, mas você deve optar por adereços mais leves que não causem desconforto, principalmente quando o seu pet for se movimentar, uma dica legal é vesti-lo dias antes da festa para ver como ele se sente com o novo figurino.

                Outro ponto importante é observar o tipo do tecido, tendo em vista que ele não pode ser grosso, pois causará irritação durante o passeio.

                Brilhos e purpurinas devem ser evitados, isso porque eles impregnam facilmente na pele dos animais levando um certo tempo para ser removido, mas se você quer dar mais cor no visual do seu fofuxo, existem as tintas não tóxicas produzidas para uso animal.

                pet no carnaval

                Calor

                O carnaval costuma ser conhecido pelas altas temperaturas, por isso lembre-se de manter o seu pet sempre hidratado, consumo de água é essencial durante a folia. Prefira ambientes mais frescos com pisos e sombras para não aquecer as patinhas do seu amiguinho por muito tempo, evite sair entre às 10h e às 16h, período em que há maior incidência do sol. E o mais importante: utilize sempre o protetor solar no focinho, barriga e ponta das orelhas do pet.

                Segurança

                Lugares de grandes aglomerações exigem segurança, sendo assim é importante o uso de guias e coleiras para evitar que seu fofuxo se perca ou estranhe alguém no local. Lembre-se de mantê-lo distante das bitucas de cigarros, balões, enfeites e pedaços de fantasias. Quem vai ao litoral deve redobrar os cuidados, a chance de contrair alguma doença é maior, então, antes de colocar o pé na estrada certifique se a vacinação do seu pet está em dia.

                Depois de acompanhar todas as nossas dicas, é hora de cair na folia e aproveitar os dias de diversão registrando cada momento com lindas fotos, estamos na torcida para que essa experiência seja realmente maravilhosa.

                  31.01.2018

                  Postado em Animais em Geral

                  intoxicao por remedioSe você ama e se preocupa com animais assim como nós, você deve saber que o assunto é sério quando se trata de medicamentos. É preciso ter muito cuidado e atenção na hora de medicar seu bichinho. Infelizmente a intoxicação por medicamentos existe, é um problema que pode levar o animal a óbito e é mais comum do que você imagina.

                  Cuidar da saúde do animal não é uma tarefa muito fácil, mas quando tomamos todos os cuidados necessários e seguimos todas as orientações as chances de errar praticamente desaparecem. Quem não deseja ter um animalzinho lindo e saudável?

                  Sempre que seu animal estiver doente ou apresentar algum sintoma diferente, procure um bom veterinário, de sua confiança que dará todo suporte que vocês precisam.

                  Cada organismo de cada animal funciona de uma maneira, e reage de uma forma diferente ao receber medicamentos, e o mais importante: as reações são imprevisíveis e totalmente diferentes de pessoas. Algumas substâncias consideradas ‘fracas’ e inofensivas aos humanos são extremamente prejudiciais aos animais; não importa a raça ou tamanho, cada animal requer cuidados específicos e cautelosos. A medicação errada pode levar a outros problemas, deixando seu animalzinho mais doente ainda, causando efeitos colaterais, sequelas, além de correr risco de morte.

                  A Arenales tem essa preocupação de cuidar do seu animal com toda segurança e qualidade, nós sabemos que o medicamento pode se tornar um veneno se usado de maneira errada. Por isso contamos com um laboratório de última geração, que traz toda tecnologia para estudos e testes avançados, com profissionais qualificados e empenhados em levar saúde em forma de medicação. Nossos medicamentos são homeopáticos, sua fórmula é feita da própria matéria prima e diluída em água. Livres de efeitos colaterais, alergias, intoxicações e tudo que possa colocar a saúde do seu animal em risco.

                  Todo medicamento precisa estar dentro do nosso rigoroso padrão de excelência, para garantir o bem estar animal e tranquilidade do proprietário.

                  Em nossa loja online você encontra:

                  medicamentos para cães, gatos, peixes, equinos, bovinos, aves e outros. São várias linhas de produtos para cura e prevenção, de alta qualidade e super acessíveis.

                  Se você ama seu animalzinho cuide dele corretamente; use medicamentos homeopáticos, use Arenales!

                  remedios homeopaticos para animais

                   

                   

                    24.08.2017

                    Postado em Animais em Geral

                    Um filhote requer cuidados e uma atenção especial. Nós que amamos cuidar dos nossos bichinhos desde seu primeiro instante de vida, ficamos ansiosos esperando por sua chegada. Mas e quando eles realmente chegam antes da hora? Os cuidados precisam ser redobrados para gatos e cachorros prematuros.

                    Um filhote prematuro é um ser extremamente frágil. Confira alguns cuidados necessários:

                    • Acompanhamento: esteja por perto, assim tanto o animal quanto o filhote sentem-se mais seguros e caso aconteça algum imprevisto você vai estar ali para socorre-los imediatamente.
                    • Presença da mãe: o filhote prematuro deve estar sempre ao lado da mãe, recebendo calor, amamentação e carinho, é claro. É muito importante observar o comportamento da mãe e perceber se ela quer ou não cuidar de seu prematuro.
                    • Peso: o filhote prematuro deve ser pesado. Nas primeiras 24h de vida o filhote perde aproximadamente 10% do peso em que nasceu. Depois deve ganhar 10% ao dia. Uma parada ou perda de peso sempre indicam que alguma alteração pode estar ocorrendo.
                    • Amamentação: caso a mãe não queira amamentar, seja por rejeição ou por falta de leite, os filhotes devem ficar em locais aquecidos com temperatura ambiente e serem amamentados artificialmente.
                    • Reações: Caso você perceba alguma reação diferente do comum, atraso na formação ou sintomas diferentes no seu filhote procure um veterinário urgente e veja o que está acontecendo. Um tratamento precoce pode salvar a vida do seu filhote.

                    Como evitar parto prematuro de cadela?

                    Durante a gestação do seu animal, é recomendável que ela pratique atividades físicas, como caminhadas mais leves. Esse tipo de exercício vai ajudar a desenvolver a musculatura, facilitando o trabalho de parto.

                    Além disso, é importante que não estresse ela durante a gestação, como por exemplo, dar muitos banhos. Isso pode ocasionar no parto prematuro do cachorro.

                    Estresse dos cachorros em visitas de fim de ano

                    Cuidados pós parto prematuro

                    Os cuidados não param por ai. Mesmo crescido e esperto, seu Pet  sempre precisa de atenção quando o assunto é saúde. Nesse caso, nada melhor do que medicamentos homeopáticos para deixar seu pet mais saudável e protegido.

                    A Arenales conta com medicamentos livres de efeitos colaterais e reações alérgicas. O Pró Imune Pet por exemplo, é um medicamento homeopático que promove  melhor aproveitamento dos alimentos, e ativa os mecanismos de defesa do organismo deixando seu animalzinho imune a infecções, doenças causadas por parasitas, e muitas outras complicações.

                    Garanta a qualidade de vida do seu eterno bebê.

                    pet_saudavel

                      15.08.2017

                      Postado em Animais em Geral, Cães