HOMEOPATIA ANIMAL
HOMEOPATIA VETERINÁRIA

Envenenamento em gatos: Primeiros Socorros

Envenenamento em gatos que causa a morte, infelizmente, não é incomum. O gato é um animal muito curioso, e isso muitas vezes pode fazer com que ele mexa em determinados lixos onde contém materiais de risco, e ainda, faça com que ele invada residências e cause a ira de alguém.

Muitas vezes não podemos fazer muito para ajudar, mas de qualquer forma, reconhecer a situação que o gato se encontra já ajuda para levar ao veterinário o quanto antes e evitar que ele morra.

Assim, nesse artigo vamos apresentar quais são os sintomas que os gatos envenenados apresentam e formas de salvá-los e tratá-los caso essa situação aconteça.

Sintomas apresentados pelo veneno

  • Vômitos e diarreias (com sangue)
  • Salivação excessiva
  • Tosse e espirros
  • Irritação gástrica
  • Irritação da zona da pele que entrou em contato com o tóxico
  • Dificuldade em respirar
  • Convulsões, tremores e espasmos musculares involuntários
  • Depressão
  • Pupilas dilatadas
  • Debilidade
  • Dificuldade de coordenação nas extremidades por problemas neurológicos (ataxia)
  • Perda de consciência
  • Micção frequente (urinar muitas vezes)

Primeiros socorros

Ao reconhecer os sintomas presentes em um gato envenenado, o ideal é levá-lo a uma clínica veterinária imediatamente. Caso a opção seja atendimento domiciliar, peça para alguém ligar para o veterinário enquanto você tenta estabilizar o gato. Siga alguns passos:

  1. Deixe-o em um ambiente arejado e iluminado
  2. Tentar retirar a fonte do veneno se possível
  3. Não induza o vômito com o intuito de “remover” o veneno e achar que ele irá ficar bem, dependendo da fonte do veneno ele pode ficar mais fraco, ou ainda, ter seu esôfago agredido pelas substâncias.
  4. Tente dar o máximo de informações possíveis ao veterinário
  5. Caso o veterinário autorize (enquanto ele não chegue) dê água ao gato
  6. Caso o veneno tenha sido através da contaminação diretamente no pelo, procure tentar remover o máximo que conseguir, ou até mesmo cortar parte do pelo contaminado.

Tratamento de diferentes fontes de envenenamento

O tratamento deve ser feito por um médico veterinário, afinal, ele saberá qual o tratamento mais indicado para seu animal. Por isso, é extremamente importante que você analise bem e o informe tudo que possa ajudar para o tratamento do seu gato, principalmente a fonte do veneno.

Com isso, depois de tratado, é importante fazer um acompanhado para verificar se o veneno saiu do corpo e se ele está bem. Ademais, é necessário que você o mantenha sempre distante da fonte que lhe causou tudo isso.

Lembre-se que violência animal é crime, em caso de desconfiança, denuncie!

Acompanhe as redes sociais da Arenales e fique por dentro de dicas e assuntos voltados ao universo animal! Até a próxima.

12.04.2019

Postado em Gatos

Dê dua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.