Saiba como lidar com cólicas em Cavalos

Cólicas em cavalos é um dos casos mais recorrente na rotina dos equinos, caracterizada como uma desordem relativamente comum do sistema digestivo, gerando um desconforto abdominal no equino. Este desconforto é acarretado por gases, obstrução gastrointestinal, inflamações ou espasmos musculares, entre outros fatores. Além destas possíveis causas, alterações no manejo diário, infestações verminóticas ou estresse também contribuem para a ocorrência desta síndrome.

colica-em-cavalo

Existem alguns tipos distintos de cólicas, das mais simples as mais graves, mas há dois critérios que podem determinar a gravidade da mesma: O grau de dor e a resposta do animal aos analgésicos.  Lembrando que se trata de uma síndrome grave que deve ser sempre acompanhada por um médico veterinário!
A medicação sem indicação veterinária pode gerar complicações no estado do animal, dificultando ainda mais no tratamento do mesmo.

SINAIS CLÍNICOS

Apesar de se tratar de uma enfermidade muito comum entre os equinos, a síndrome pode até levar o animal a morte se não for identificada e tratada corretamente. Sendo assim, fique atento aos seguintes sinais que revelam o problema abordado:

  • Olhar constantemente para os flancos;
  • Depressão ou ansiedade;
  • Rolar no chão;
  • Deitar e levantar várias vezes;
  • Cavar o chão;
  • Febre;
  • Falta de defecação;
  • Perca de apetite;
  • Taxa de pulso anormalmente alta (acima de 50 batimentos por minuto).;
  • Ausência de ruídos intestinais normais;
  • Tentativas constantes de urinar;
  • Suor em excesso.

Na identificação destes sintomas em seu animal, procure imediatamente o seu veterinário a fim de distinguir o tipo de cólica e o tratamento mais adequado para ela.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

A prevenção é sempre a melhor opção, seja qual for a enfermidade, portanto, sabendo das possíveis causas para este problema é importante conhecer bem a sua rotina do seu animal, a fim de identificar rapidamente qualquer sintoma já apresentado.

Além disso, é preciso garantir que o equino tenha acesso fácil e contínuo a água fresca e limpa, bem como, acesso suficiente a pastagem ou feno (importantes para o funcionamento adequado do intestino). Também é necessário realizar check-ups dentais regularmente para assegurar a moagem correta da comida.

O tratamento para esta síndrome varia de acordo com o tipo de cólica a qual se refere, por isso, ao identificar os sintomas é importante consultar rapidamente o médico veterinário.

Para auxiliar no controle da síndrome e também para uso preventivo e curativo, adquira o FATOR CÓLICA GLÓBULOS®, que promove a eliminação de gases e a restauração do processo digestivo. O mesmo também age como analgésico, porém, é indicado sempre com acompanhamento do veterinário.

medicamento colica cavalos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *