HOMEOPATIA ANIMAL
HOMEOPATIA VETERINÁRIA

cachorro_farejador

É isso mesmo! Com 300 milhões de células olfativas, o nariz de um cão treinado pode salvar vidas. Eles detectam se uma pessoa tem ou não câncer de pulmão através do odor presente no hálito. É o que pesquisadores do hospital Schillerthoehe, na cidade de Gellingen na Alemanha descobriram em 2011. O oncologista Thorsten Walles e seus colegas verificaram a partir de amostras de tumores, onde treinavam os cães para farejar e acostumarem com o cheiro. A partir dai, alguns pacientes com câncer de pulmão em estágio inicial sopraram dentro de tubos de ensaios, que eram vedados em seguida.  Os cientistas treinaram os cães para sentar a cada vez que sentisse o “cheiro de câncer” nos tubos de ensaio, chegando a acertarem 71% dos casos. Seu cãozinho como sempre, fiel e companheiro.

    02.12.2015

    Postado em Cães

    cachorro-branco-e-preto-fazendo-bagunca

    Na ausência de seu companheiro o cão não têm muito que fazer, já que quando você está em casa, ele está sempre por perto. Muitos cães não gostam de ficarem solitários em casa, outros já aproveitam para dormir, sofrer de tédio, além de poder ficar estressado ou ansioso por conta da sua ausência.

    A ansiedade na espera de sua volta faz com que seu cão imagine várias cenas de quando vocês estão juntos, essa imaginação se torna cada vez mais real para ele, nesse momento começam a interagir com coisas ao redor que o simbolizam fazendo sentirem mais próximo de você, ai você já pode esperar a “destruição” ao seu retorno.

    O que fazer para diminuir futuros problemas de comportamento do seu cão?

    Quando for se ausentar, ao retornar procure não fazer alardes, e não se mostre ansioso para seu animal de estimação. Se por ventura você se deparar com sua casa aos avessos, procure manter a calma e o controle. Jamais dê bronca e nunca o hostilize por isso. Depois de certo tempo volte e dê a atenção merecida a ele. Evite muita excitação na saída ou na chegada, isso pode contribuir para que ele não faça a festa da desordem em sua casa.

    Ficar nervoso com seu cão, não ajuda em nada, pois ele não conciliará a bronca com o que fez, e sim entenderá a bronca com a sua chegada e a expressão de susto, tornando o problema cada vez maior. A Médica Veterinária Drª Suellenn Bittencourt indica o Fator Estresse Pet® para ajudar a diminuir a ansiedade e combater o estresse do seu cãozinho.

      30.11.2015

      Postado em Animais em Geral, Cães

      Você tem muitos espelhos em sua casa? Eles ficam ao alcance do seu cão ou do seu gato?

      Cães e gatos se reconhecem no espelho?

      Diferente da mitologia grega, em que Narciso se apaixona por seu reflexo no espelho, seu cãozinho e gatinho, nem se quer conseguem se reconhecer, e ainda se sentem ameaçados.

      E mais, esses pets não imaginam que o espelho é um portal para o país das maravilhas, nem que um gato olhando no espelho vai se questionar se existe algum animal mais bonito que eles.

      gato se vendo no espelho

      Se alguma vez seu cão ou gato ficou latindo e miando horas em frente ao espelho, ou tentaram se interagir com o espelho, não se apavore, é normal, e eles não estão loucos.

      A verdade é que por não se reconhecerem, e não sabendo que é o próprio reflexo, eles acham que podem ser outro animal, e ai já viu né, são aqueles latidos e miados intermináveis ou acreditam que estão tento contato com um ser de dentro do espelho.

      Saiba também as mudanças no comportamento de felinos idosos

      O que passa na cabeça de um cão ou gato se vendo no espelho

      Em primeira instância, por imaginar ser “outro animal” no espelho, eles esperam uma resposta do “outro animal” refletido, porém, como o “outro animal” não tem cheiro, eles se sentem confusos e continuam a latir e miar esperando alguma reação. Sem chances!

      Ao que se sabe, não existem estudos que comprovem que o cão ou gato conseguem se reconhecer em frente ao espelho.

      Enquanto pesquisas não comprovam, o melhor a fazer é evitar deixá-los de bobeira e acalmá-los com muito carinho, assim eles não ficam nervosos e confusos com seu próprio reflexo latindo e miando, numa sinfonia interminável.

        26.11.2015

        Postado em Cães, Gatos