HOMEOPATIA ANIMAL
HOMEOPATIA VETERINÁRIA

Cao-e-gato-a-comerem-racao-imagem-de-destaque-red-685x327

Saber a ração adequada para o seu animalzinho, é um passo importante e devemos levar em consideração sua idade, raça e tamanho. Uma alimentação adequada e balanceada interfere diretamente no seu desenvolvimento, crescimento, energia e disposição.  Para cada fase da vida de seu animalzinho tem uma ração que atende suas necessidades, sendo elas: Filhotes, Adultos e Idosos.

A introdução da ração deve acontecer em torno de 45 dias de vida (ração para fase filhote), sugiro uma ração balanceada que dê ao animalzinho todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento saudável como proteínas, minerais e vitaminas. Porém, vale lembrar que ao completar um ano de vida, devemos trocar a ração filhote para uma (ração para fase adulta) e por volta dos sete anos de vida devemos fazer novamente a troca de ração para fase senil. Existem no mercado as rações econômicas, Premium e super Premium, o que as diferem são a quantidade e a qualidade de proteína que elas têm.

Aqui vai uma dica de custo X benefício:

“Se este tipo de ração é a mais cara devido à fonte de proteína, e consequentemente, o animal passa a comer menos vezes durante o dia, talvez matematicamente falando, você gasta menos, pois irá demorar em comprar o próximo pacote de ração.” Pense nisso!

A melhor ração para o seu animalzinho é aquela que atende suas necessidades como tamanho do grão, idade e ainda tem as rações para raças específicas; portanto a ração mais cara nem sempre é a melhor.

Tenha em mente que não é saudável dar alimento humano para o seu animalzinho, a não ser que a comida caseira seja preparada especialmente para ele. As rações disponíveis são elaboradas com a medida diária suficiente para suprir as necessidades do seu animalzinho. Aconselho para ajudar ainda mais o Fator Pro Imune pois ele contribui por uma melhor digestibilidade, ou seja, o animal irá aproveitar melhor os nutrientes que a ração oferece. Fica a dica! 🙂

    27.11.2015

    Postado em Cães, Gatos

    por-que-os-cães-estão-sempre-com-fome

    Gostamos tanto de nossos Pets que muitas vezes no intuito de agradá-los acabamos cometendo algumas falhas imperceptíveis. Uma delas é no que tange a alimentação. Um biscoitinho aqui, uma balinha, um chocolate, sobras do “almoção de domingo” e em pouco tempo, esse agrado resulta em sobrepeso.

    A obesidade em cães e gatos ocorre por diversos fatores. Pode ser por motivos patológicos (por distúrbios hormonais) ou fisiológicos, falta de exercícios, vida sedentária e o principal, má alimentação ou alimentação desbalanceada. Isso pode desencadear a obesidade em seu pet, ocasionando diversos problemas cardiorrespiratórios, diabetes, infertilidade, complicações cirúrgicas, má cicatrização, lesões articulares, dermatopatias (piodermites e seborreia) e outros, gerando incômodo, estresse e até risco de morte.

    Você proprietário de cães e gatos devem estar alerta, levando seus animais para consultas de rotina. O Médico Veterinário é o profissional capacitado para avaliar se um animal está obeso ou não, e indicar a melhor dieta nutricional e tipo de exercício. Nossa dica para você é o FATOR PRÓ IMUNE PET por ser medicamento homeopático, sem contraindicação, que melhora a digestibilidade e o aproveitamento dos nutrientes, equilibrando o estado nutricional do seu amiguinho.

      27.11.2015

      Postado em Cães, Gatos

      Todo ser vivo, em várias etapas de suas vidas, passa por períodos de adaptação. Um processo bastante delicado é quando você ja tem um animalzinho mas surge um morador novo na área. Possuir um animal de estimação seja ele adquirido em uma loja/pet shop, ou mesmo adotado, não significa simplesmente colocá-lo em casa. É necessário criar um ambiente propício, com os materiais e objetos necessários para sua melhor comodidade e adaptação no seu novo habitat, como por exemplo, cama, comedouros, bebedouros, casinhas, caminhas, brinquedos além de muita atenção e carinho.

      lind

      Essa adaptação ao novo lar leva um tempo, e é individual de animal para animal. Se a casa não tem outro animal, esse processo pode ser mais rápido, porém se já houver outro pet, temos que respeitar essa adaptação gradativamente, pois a amizade pode ser instantânea, como pode demorar dias para que possam se entender. É necessário ter paciência!

      Para as pessoas que vivem na casa, também é um momento de adaptação e alocação, resultante naturalmente entre o novo morador e a família que tem o privilégio de ter um pet em casa.

      Além da chegada ao novo lar, durante todo seu processo vital, nossos pets irão passar por situações diferentes, que os tiram de suas rotinas, como idas ao veterinário, hospedagens, ausência de seus donos durante horário de trabalho, período de férias onde eles podem ir junto ou não nas viagens, podendo ficar dias sem o convívio dos proprietários. Também ligado a isso, estão às épocas de festas com barulhos de rojões, períodos nebulosos de chuvas, onde os trovões podem literalmente os aterrorizar.

      Para minimizar o estresse causado por essas adaptações e desconforto em situações diferentes de sua rotina, é possível contar com auxílio de uma ferramenta que ajuda cães e gatos a ficarem menos ansiosos com todas essas mudanças. O Fator Estresse Pet® é um medicamento homeopático que não tem contraindicação, caráter tóxico e é extremamente palatável, podendo ser colocado na água de beber ou diretamente na boca do seu novo amigo de estimação. O Fator estresse não causa dependência e seu uso pode ser contínuo, uma ótima dica para o processo de adaptação do seu pet se torna ainda mais fácil e agradável. Afinal, quem é apaixonado pelo seu pet, oferece o que tem de melhor para seu melhor amigo.

       

        26.11.2015

        Postado em Cães

        Você tem muitos espelhos em sua casa? Eles ficam ao alcance do seu cão ou do seu gato?

        Cães e gatos se reconhecem no espelho?

        Diferente da mitologia grega, em que Narciso se apaixona por seu reflexo no espelho, seu cãozinho e gatinho, nem se quer conseguem se reconhecer, e ainda se sentem ameaçados.

        E mais, esses pets não imaginam que o espelho é um portal para o país das maravilhas, nem que um gato olhando no espelho vai se questionar se existe algum animal mais bonito que eles.

        gato se vendo no espelho

        Se alguma vez seu cão ou gato ficou latindo e miando horas em frente ao espelho, ou tentaram se interagir com o espelho, não se apavore, é normal, e eles não estão loucos.

        A verdade é que por não se reconhecerem, e não sabendo que é o próprio reflexo, eles acham que podem ser outro animal, e ai já viu né, são aqueles latidos e miados intermináveis ou acreditam que estão tento contato com um ser de dentro do espelho.

        Saiba também as mudanças no comportamento de felinos idosos

        O que passa na cabeça de um cão ou gato se vendo no espelho

        Em primeira instância, por imaginar ser “outro animal” no espelho, eles esperam uma resposta do “outro animal” refletido, porém, como o “outro animal” não tem cheiro, eles se sentem confusos e continuam a latir e miar esperando alguma reação. Sem chances!

        Ao que se sabe, não existem estudos que comprovem que o cão ou gato conseguem se reconhecer em frente ao espelho.

        Enquanto pesquisas não comprovam, o melhor a fazer é evitar deixá-los de bobeira e acalmá-los com muito carinho, assim eles não ficam nervosos e confusos com seu próprio reflexo latindo e miando, numa sinfonia interminável.

          26.11.2015

          Postado em Cães, Gatos

          A Dermatite atópica é uma alergia ambiental, ou seja, causada por tudo que se encontra no mesmo ambiente que o animal. Devido ao grau de dificuldade para saber qual o real motivo da irritação, a atopia em cães e gatos pode se tornar uma doença crônica, causando inflamação na pele, lesões e coceiras no animal. Eles são os que mais sofrem com a doença são aqueles que têm problemas na produção e no desenvolvimento dos anticorpos que respondem à exposição dos alérgenos.

          atopia em caes e gatos

          Esse tipo de alergia animal é muito comum, e começa a se manifestar entre 1 e 3 anos de idade, por isso é importante ficar atento e procurar um veterinário ao perceber uma coceira constante do animal, as partes mais atacadas geralmente são patas, axilas, virilhas, flexuras, orelhas, perianal e periocular. Se a alergia não for tratada logo de início fica cada vez mais difícil saber a principal razão dela e sem saber o que causou a irritação, doenças secundárias podem aparecer, como infecções de diferentes tipos.

          Os sinais mais comuns que você pode notar facilmente no seu animal sem a presença de um veterinário são olhos lacrimejantes, espirros, lambidas frequentes pelo corpo, pele machucada, perda de pelo, e o sintoma mais conhecido que é a coceira. A coceira é algo normal entre os animais por isso muitas vezes os donos não se preocupam ao ver o animal se coçando, e ai é quando a alergia vai piorando até chegar ao nível de machucados na pele do animal. A única forma de tratar a Atopia em Cães e Gatos com êxito é evitar poeira, ácaros, sujeira, fungos, que são substâncias causadoras de dermatite e fazer uma imunoterapia bem sucedida, Fator Pró Imune Pet® ajuda a aumentar a imunidade do animalzinho.

          Picada de insetos, obesidade, ansiedade, banhos inadequados e produtos mal indicados são coisas comuns, mas que complicam e fazem a dermatite atópica perpetuar no animal.

          Na Arenales Homeopatianimal® você encontra os melhores produtos para prevenção, tratamento e diversos problemas com seus bichinhos. Fator Infecções Pet® é mais um medicamento homeopático com a qualidade Arenales. É indicado para cães e gatos, contra infecções secundárias, provenientes de alergias como a Dermatite atópica

          Sem título

           

          Fator Pró Imune Pet Fator Infecções Pet
            15.10.2015

            Postado em Cães, Gatos